segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Hentai PaPiPon Fodendo Com Kurusu Kimihito (Hentai Monster Musume Sem Censura) PaPiPon pelada

Post oleh : Anônimo | Rilis : 09 janeiro | Series :


Monster Musume no Iru Nichijou (モンスター娘のいる日常?) que pode ser traduzido como: "Vida Cotidiana com Garotas Monstros", é um mangá escrito e ilustrado pelo artista japonês Okayado. O mangá originalmente iniciou-se como uma série de hentai[carece de fontes] em formato one-shot. Uma adaptação para anime estreou em 7 de julho de 2015.[3] "Monster Musume", como popularmente é conhecido, é atualmente publicado pela editora Tokuma Shoten em sua revista Monthly Comic Ryū e é licenciado na América do Norte pela Seven Seas Entertainment.[4] A série possui, no momento, sete volumes tankōbon lançados no Japão. A história gira em torno do protagonista Kurusu Kimihito, que muitas vezes é chamado de "querido", dentre outros apelidos carinhosos, pelas suas "hóspedes". Após ele se envolver por engano em um programa de "Intercâmbio Cultural de Inter-espécies", como consequência sua vida diária acaba tornando-se uma verdadeira bagunça. Durante anos o governo japonês manteve um segredo: que criaturas místicas como centauros, harpias e lâmias são reais.[6] Três anos antes de começar esta història, as autoridades governamentais revelaram a existência dessas criaturas e aprovaram um projeto conhecido como "Intercâmbio Cultural de Inter-espécies". Desde então, essas novas "espécies" começaram a coexistir com os humanos, vivendo com famílias comuns como hóspedes de intercâmbio, estabelecendo, é claro, alguns direitos e restrições (sendo a principal delas o fato das inter-espécies estarem proibidas de atacar ou prejudicar os seres humanos e vice-versa). Kurusu Kimihito não era um voluntário do programa de intercâmbio, mas, quando a Sra Smith enviou a Miia para a sua casa por engano,[6] como ela estava muito assustada e envergonhada, ele não teve coragem de mandá-la embora e eles começaram a viver juntos. À medida que a história continua, Kimihito acaba por oferecer abrigo (pela sua boa vontade ou a base da força) a outras inter-espécies do sexo feminino, cada uma de uma espécie diferente. E não demorou muito para ele encontrar-se em um ambiente caótico, onde ele se esforça para viver em harmonia com suas novas companhias, enquanto tenta lidar com as constantes situações embaraçosas e ao mesmo tempo ajudar elas a se dar bem no mundo humano.

google+

linkedin